Vida Low Carb: 5 Dicas Imperdíveis para começar AGORA!

Tempo de leitura: 4 minutos

Vida Low Carb: por onde começar?

 

São tantas informações, que no início, realmente, ficamos perdidos. Afinal, como iniciar esse estilo de alimentação?

Neste post dou cinco dicas simples e eficazes para você começar!

1-Diminua o consumo de alimentos industrializados.

nao coma alimentos embalados
Vida low carb-não aos alimentos embalados

Fique atento aos rótulos. Quanto maior o número de ingredientes na descrição, pior para seu organismo. Existe uma diferença muito grande entre alimento e produto alimentício.

Dê preferência para comida de verdade, que são os verdadeiros alimentos. Comida de verdade não vêm em embalagens, você descasca, pica, e (pode) preparar para o consumo.

2-Substitua o consumo de sucos por água ou chás

 

cha verde para emagrecer
Emagrecer com chá verde na dieta low carb

Os sucos de frutas são ricos em frutose, que é o açúcar natural das frutas. São necessárias várias frutas para se fazer um copo da bebida. É melhor consumir uma fruta inteira a tomar um copo de suco que contém várias, não é mesmo? E de modo geral as frutas (com mais carboidratos) devem ser consumidas com moderação se seu objetivo é o emagrecimento.

Caso, você seja aquela pessoa que só faz suas refeições acompanhado de uma bebida sugiro substituí-los por chás de infusão, água, água com gás. São ótimas opções!

3-Perca o medo da Gordura Natural dos alimentos.

gordura natural dos alimentos
Perder o medo da gordura natural dos alimentos na vida low carb

Escutamos por décadas que a gordura é uma vilã! Seria, ela a responsável pelo entupimento das nossas veias, colesterol alto e tantos outros problemas de saúde derivados do seu consumo.

Mas, como já ficou comprovado por pesquisas científicas, é tudo uma farsa da indústria alimentícia! Sim da indústria alimentícia!

Se deseja adentrar nesse assunto recomendo o fantástico livro de Gary Taubes, Porque engordamos e o que Fazer para evitar, você mudará para sempre seus conceitos de emagrecimento lendo este livro, pode ser adquirido na Amazon.

Nele, o autor conta como nasceu esse mito e apresenta estudos científicos que corroboram a teoria.
Afinal de contas, o que seria a gordura natural dos alimentos? É a gordura da carne, do bacon, do ovo… aquela que vêm neles!

Não é adicionada. Temos outras fontes de boas gorduras: manteiga, azeite de oliva, queijos, algumas frutas também são ricas em gorduras, como abacate, coco.

4-Coma somente quando tiver fome e até a saciedade

 

prato low carb
Jantar low carb

Para mim é a dica mais difícil de ser compreendida de imediato! Isto porque as dietas tradicionais prescrevem refeições de 3 em 3 horas e com quantidades específicas. Passamos, muitos anos, pensando que pular refeições desacelera o metabolismo.

Essa foi a minha grande libertação! Não TER que comer de 3 em 3 horas. Era desesperador comer tantas vezes ao dia, andava com marmitas, e meu celular tinha despertadores programados para parar (seja lá o que estive fazendo e onde estive) para fazer a refeição.

SEMPRE tive dificuldade de comer todas as refeições, raramente conseguia, para ser bem sincera. Tive resultados com esses tipos de dieta? Sim, não posso negar! Mas, foi bem sacrificante e temporário porque não era viável e adaptável ao meu estilo de vida.

Inicialmente, foi bem difícil identificar a fome e também à saciedade. Estava tão condicionada a seguir uma prescrição e nunca havia parado para pensar e observar os sinais do meu corpo. Aqui mora o “pulo do gato”, seu corpo fala com você!

Como devagar, mastigue bem os alimentos esse será o tempo necessário para que seu corpo possa emitir o sinal da saciedade (os principais hormônios responsáveis envolvidos são a Colecistoquinina e Grelina).

E em relação a fome? Os sinais podem ser variados: dor de cabeça, sensação de estomago vazio, tonteira… com o tempo você aprenderá a escutar seu corpo e será fácil!

5-Coma verduras, vegetais folhosos

 

brócolis no emagrecimento
Verduras e vegetais folhosos

A base da Low Carb não são as proteínas!

Por isso, não se esqueça de caprichar nos vegetais folhosos: alface, rúcula, acelga, agrião, couve, almeirão, espinafre, mostarda a lista é extensa. Eles são ricos em fibras, vitaminas e minerais e geram saciedade. E também os vegetais como brócolis, berinjela, abobrinha, abóbora moranga, chuchu, tomate…

 

Gostou das dicas?! Agora, não se dê mais desculpas para não começar esta vida de emagrecimento saudável e duradouro!

 

emagrecimento saudável